Categorias
Sem categoria

Porque tenho fugas?!

Depois de longas consultas e em busca da marca, corte e sistema perfeitos, finalmente decide comprar fraldas reutilizáveis, coloca no seu filho e surpresa! –  Fugas após fugas! Ou está trocando fraldas com sucesso há algum tempo e de repente tudo começa a vazar. E foi tão lindo… 😕

 

Ajuste inadequado, ou seja esta fralda pode não ser adequada para o meu bebé

Onde está vendo vazamentos? Na barriga? Na virilha? Atrás? Se nesses locais, provavelmente é uma questão de fraldas mal ajustadas. O ajuste da fralda à criança é uma questão individual. Lembre-se de que não existe fralda perfeita. Por isso, na busca por um enxoval de fraldas é tão importante levar em consideração a estrutura corporal, o peso e a altura do bebé. Existem no mercado fraldas para prematuros, existem para recém-nascidos de peso padrão (tamanho NB), existem para recém-nascidos grandes (4kg + são tamanhos S), para magros (normalmente marcados como magros/ótimos/magros/minúsculos ou tamanhos S , M, mini OS ), e para bebés gordinhos nas coxas (geralmente fraldas estreitas que são mais fáceis de ajustar a uma coxa grande), existem também para rabinhos largos (tamanhos L, OS+, Standard ou Classic) ou para crianças com uma barriga larga e saliente (fraldas com a forma da barriguinha cortada no painel da barriga como Magabi ou Fraldas Little Birds). Seriamente. Está tudo lá!

Como lidar?

– Certifique-se da sua escolha. Escolha o tamanho certo para o peso e constituição física do seu filho.

– Se os elásticos na virilha não aderirem à coxa em todo o comprimento, a fralda é muito grande para a criança ou não está bem presa com presilhas para ajustar a virilha.

– O mesmo na cintura e nas costas. Os elásticos devem aderir uniformemente ao corpo do bebé, ao mesmo tempo em que se deve conseguir inserir livremente dois dedos entre o corpo do bebé e a fralda. Se você apertar muito a fralda, pode causar lesões na pele.

– Lembre-se também que uma criança deitada/ a dormir de bruços, de acordo com a lei da gravidade, deve aumentar a absorção na frente da fralda.

 

Absorção, ou seja preciso pôr mais ou melhor?

Se o absorvente da fralda estiver completamente molhado e a fralda estiver vazando, significa que a absorção não está adequada às capacidades do seu pequeno “xixi”. Uma fralda reutilizável (na verdade, TODAS as fraldas, incluindo uma descartável) deve ser trocada a cada 2 horas. Se necessário, claro, com mais frequência, mas 2 horas já é esse limite. O risco de vazamentos aumenta se trocar com menos frequência. Acontece também que precisamos que a fralda dure um pouco mais por causa dos longos sonos da criança, por causa de uma caminhada ou viagem e da impossibilidade de trocar o bebé a tempo – então precisamos de aumentar a absorção de toda a fralda.

Como lidar?

– Preste atenção ao material absorvente que escolher. Os tecidos mais absorventes são bambu, algodão, linho e cânhamo. Se usar absorventes de microfibra (geralmente são absorventes chineses brancas e cinzentos, das quais os cinzentos são pomposamente chamadas de “carbono”), lembre-se de que a microfibra é um material menos absorvente e comporta-se de maneira semelhante a uma esponja. Absorve rápido e em grande quantidade, mas sob pressão liberta toda a humidade para o ambiente. Pode aumentar a sua absorção de maneira rápida e económica envolvendo o absorvente de microfibra em tetra.

– Escolha os absorventes de acordo com a idade e o peso da criança. As lojas através dos fornecedores informam acerca do número de camadas de material usadas para costurar o absorvente. Antes de comprar, descubra qual é o absorvente recomendado para o seu bebé.

– Todos os tipos de boosters (ou seja, intensificadores de absorção) funcionam bem do início ao fim do uso das fraldas. São pequenas inserções que, colocadas em locais críticos (na frente para um menino, na virilha ou na frente para uma menina), selam efetivamente a fralda.

– Escolha a largura correta dos absorventes para a largura da fralda. Um absorvente de 10 cm de largura tem pouca chance de reter a humidade de uma fralda que mede 14 cm entre as pernas.

 

Depósitos – vamos rever a nossa rotina de lavagem e armazenamento

Absorventes que, por desconhecimento e, às vezes, também para poupar água ou detergente (porque também já encontrei isso) são lavados incorretamente, podem reduzir a sua absorção. Depósitos de amónia costumam aparecer neles. Como reconhecê-lo? Primeiro, começam os vazamentos. Em segundo lugar, as fraldas geralmente têm um cheiro desagradável depois de lavadas e retiradas da máquina de lavar. O cheiro de roupa velha ou apenas a urina.

Como lidar?

– Primeiro, mudamos a rotina de lavagem. Em poucas palavras, porque não é disso que se trata este post, vou escrever que as fraldas devem ser colocadas no programa de enxaguamento com centrifugação e depois no programa de lavagem por cerca de 2 horas com detergente para roupas brancas. Às vezes, os pais executam o programa de enxaguamento e centrifugação novamente após a lavagem principal para eliminar os resíduos de detergente. Não usamos nozes de sabão, bolas mágicas ou pós artesanais para lavar fraldas. Se os usar, será por sua conta e risco, as instruções adequadas estão aqui mencionadas, qualquer dúvida, entre em contacto e esclareceremos.

– Em segundo lugar, se os depósitos já apareceram, realizamos o chamado “stripping” ou “strip wash”.  Tudo o que não tiver elásticos (ou seja, absorventes) deve ser colocado em água quente (não a ferver) à noite com a adição de ácido cítrico, que decompõe os depósitos no interior dos tecidos. Tudo o que tiver elásticos (bolsos, capas, AIO) só pode ser embebido durante a noite num desinfetante (ex: Nappy Fresh). Em seguida, inserimos o programa de enxaguamento com centrifugação e sucessivamente uma lavagem longa a 60 graus com detergente e alguns enxaguamentos adicionais. No meio, adicionei uma lavagem curta sem detergente.

– No entanto, importa desde logo saber que se as fraldas forem lavadas corretamente, não deve haver depósitos.

– Lembre-se de escolher a dose de detergente de acordo com a dureza da sua água (as doses exatas estão indicadas na embalagem do detergente)

– Não tratamos cuecas/calças/calções/capas de lã desta forma!!! (ver as instruções noutro post ou entre em contacto e nós esclarecemos).

 

Pul danificado, ou seja chegou o fim da vida da fralda

A última e irreversível causa de vazamentos é um PUL danificado. O PUL desgastado, sem brilho ou estratificado está além do salvamento. Uma maneira eficaz de avaliar os danos do PUL é derramar um pequeno fio de água na fralda. Se vazarem gotas imediatamente, provavelmente está danificado. Salientamos que a capa em que surgem algumas gotas lentamente do outro lado não está danificada. Lembre-se que o PUL não é totalmente impermeável, depois de molhar abundantemente, vai começar a aparecer água do outro lado. Se não pingar imediatamente, tudo bem.

Como lidar?

Infelizmente, uma fralda que vaza devido a danos é adequada apenas para:

– Conversão em absorventes higiénicos reutilizáveis ​​para mulheres,

– Almofadas de lactação,

– Para treinos/workshops como fralda de demonstração,

– Ou simplesmente assumir o fim de vida e colocar no lixo.

 

Não se assuste com vazamentos, pois, além dos danos ao PUL, a maioria dos vazamentos de fraldas podem ser corrigidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Portes grátis

Portes grátis para todas as compras acima de 75€

Pagamentos seguros

Pagamentos seguros

15 dias para devoluções

15 dias para devoluções

Precisa de ajuda?

Precisa de ajuda? Ligue-nos